4 de setembro de 2009

MASSAGEM É CARINHO

Os benefícios das massagens
Os bebés adoram ser abraçados, que lhes façam cócegas e que tomem conta deles. Mudar a fralda e dar banho ao seu filho são momentos especiais para passar tempo com ele e ligar-se a ele. Uma massagem pode tornar-se um desses momentos de partilha.
Na medida em que acalmam, as massagens proporcionam ao seu filho uma sensação de bem-estar.
No útero, o seu bebé consegue sentir todas as carícias que são feitas na barriga da mãe. Após o nascimento, a massagem é uma forma de fazer com que o seu filho experimente de novo estas sensações e de sentir que não é apenas uma extensão da mãe, mas que possui um corpo que é só seu.
O contacto pele com pele ajuda o bebé a aliviar as tensões e a descontrair-se. Os movimentos sobre o corpo inteiro do bebé tonificam a reforçam a vitalidade. As massagens ajudam na digestão. A massagem pode também induzir um sono tranquilo e criar um ambiente seguro e sereno. Este é um momento de ternura a partilhar, uma troca mágica entre você e o bebé.
Massajar o seu bebé
Para massajar o seu bebé, você tem de se sentir bem. Se estiver tensa, o seu bebé vai sentir e não vai gostar de ser tocado. Idealmente, deve massajar o seu filho ao final do dia, imediatamente antes da hora do banho, para ajudá-lo a libertar-se das tensões acumuladas durante o dia. Depois de cobrir as mãos com óleo para bebé ou creme hidratante, inicie a massagem.
Da primeira vez, não se preocupe demasiado em massajar o corpo inteiro. Se não estiver familiarizado com as massagens, o seu filho pode mostrar-se surpreendido ou ansioso. O contacto tem de ser mais firme do que uma carícia e a pressão por si exercida tem de ser estimulante. Tranquilize-o falando-lhe ou cantando-lhe, mantendo sempre uma mão sobre ele. Observe cuidadosamente o seu filho, olhe-o nos olhos e ouça-o a palrar; o seu filho está a comunicar consigo.
A barriguinha
Coloque a mão esticada sobre a barriguinha do bebé. Depois, com suavidade, faça círculos grandes no sentido dos ponteiros do relógio. Tente não empurrar para baixo, use apenas o peso da sua mão. Se o seu bebé tiver cólicas, massaje a barriguinha de cima para baixo, alternando as mãos num movimento de varrimento. Acabe a sua massagem colocando a palma da mão esticada contra a barriguinha. Massajar a barriguinha pode também aliviar alguns problemas de digestão menores (obstipação e cólicas).
Pernas
Inicie a massagem com movimentos calmantes. Suba até cima pela parte de dentro da perna e desça pela parte de fora. Repita várias vezes esta acção e depois descreva movimentos circulares, como pulseiras à volta da perna do bebé, até à parte debaixo dos pés. Massajar as pernas do seu bebé vai ajudá-lo a sentir-se extremamente descontraído, já que o habitual é estas estarem para cima ou muito agitadas.
Peito
Deslize as mãos até às axilas do seu bebé e deslocando-as para os lados. De seguida, passe as mãos outra vez para o peito e comece de novo. Se o seu filho abrir os braços, continue o movimento para baixo e para as extremidades dos dedos. Esta massagem abre o tórax e ajuda a respirar.
Massajar os pés
Massaje os dedos dos pés um a um, incluindo o espaço entre eles. Com os polegares, dê umas quantas pancadinhas na parte debaixo dos pés e depois, massaje do calcanhar à base dos dedos. Repita o gesto algumas vezes, massajando ambos os pés ao mesmo tempo, o que vai descontrair o seu filho e criar uma sensação de bem-estar.

Termine a massagem acariciando o rostinho do seu bebé e envolvendo-o num terno abraço.

3 comentários:

Anónimo disse...

Muitos parabéns zé por este blog , consegui encontrá-lo hoje, estou disponível para colaborar no que necessitares

beijinhos maguip

Elza disse...

Gostaria de deixar os meus parabéns ao autor deste blog. As dicas de massagem são óptimas. Mas com as cólicas do meu morzinho não foram lá só com massagens, valeu-nos o aero-om

NO BICO DA CEGONHA disse...

Obrigada, estamos sempre disponíveis para vos tirar duvida.
Beijinhos da equipa Zé Pedras e Rosamaria.